Aquilo

Aquilo

equivalent of Boreas, the Greek north wind. [Rom. Myth.: Kravitz, 30]
See: Wind
Mentioned in ?
References in classic literature ?
Had old AEolus appeared at this moment, he would have been proclaimed king of the moccoli, and Aquilo the heir-presumptive to the throne.
O acontecimento e entendido, nessa concepcao, como aquilo que deixa marcas mimesicas: para ser acontecimento, sao necessarios esses tracos que modificam o universo simbolico.
Aquilo Sports (Louisville, KY, USA) developed a novel portable therapy system that combines cryo and compression in one recovery modality system.
O nao datado permitia o acesso a um passado outro, a um tempo outro, marcado por aquilo que Benedito Nunes chamou de compreensao "transversal" do processo historico, ou no que Eduardo Sterzi nomeou como uma nova e mais complexa imaginacao do tempo e da historia, "em que o aprofundamento nao se satisfaca com a apreensao trivial do influxo vertical do passado sobre o presente".
Plus, there are shows from Aquilo, Clean Cut Kid and Skints, the latter a one-off show in Swansea.
Trata-se, entao, de considerar tanto aquilo que, por meio da circunscricao de um perfil epidemiologico, entra em jogo nas relacoes de governo da vida, quanto o que, ao ficar de fora de um perfil epidemiologico, acaba por engendrar outras possibilidades de vida.
Poe em evidencia aquilo que a fotografia, historicamente, decidiu deixar de fora: a duracao.
Um tipo de duplicidade enunciativa capaz de sabotar a forca perlocucionaria de um dado enunciado e de resguardar o sujeito do comprometimento com aquilo que diz (SAFATLE, 2008).
Servem elas, tambem, para (re)convidar e atrair pessoas como voce para serem parceiras na autoria e na submissao de trabalhos em nossa revista, alem de colaboradores, divulgadores, leitores, amigos, enfim, tudo aquilo que esta gestao valoriza e busca.
The drones, operated by Carl France and Corey Upton of Aquilo LLC, came back with markedly clearer and more stable video of the salmon in the creek, O'Brien notes.
Ja o excesso do abjeto, para Kristeva, teria relacao com a perda de identidade, por ser a abjecao justamente aquilo que remete o sujeito para aquem dele mesmo (Kristeva, 1980), num ponto de negatividade extrema.
E a mais inofensiva entre tudo aquilo que se possa chamar liberdade, a saber: a de fazer um uso publico de sua razao em todas as questoes.