alcove

(redirected from Alcova)
Also found in: Dictionary, Thesaurus, Legal, Acronyms.

alcove

any recessed usually vaulted area, as in a garden wall

Alcove

A small recessed space, connected to or opening directly into a larger room.

alcove

[′al‚kōv]
(architecture)
A recessed part of a room.
A small room that opens into a larger one.
An arched opening in a wall.
(geology)
A large niche formed by a stream in a face of horizontal strata.

alcove

A small recessed space, opening directly into a larger room.
References in periodicals archive ?
Tenendo conto che in quei dieci anni la guerra "invocata" dal "Manifesto del futurismo" si e trasformata nella guerra vissuta dell' Alcova (che porta il sottotitolo di "romanzo vissuto"), potremmo ipotizzare che l'opzione narrativa e memoriale nasca in Marinetti con un fine apologetico: allo scrittore non basta piu raffigurare la guerra, ora deve difenderla: dimostrare (prima di tutto a se stesso) che e stata utile e gloriosa.
Con la trasformazione degli appunti di guerra nell'epos dell' Alcova, il trauma della Grande Guerra si direbbe definitivamente cauterizzato.
E vendo-se a rainha despojada de seus haveres ancestrais e a patria, sem feudo ou latifundio--as glebas fartas agora a mingua, do calcaneo a escapula; e vendo-se a monarca exigua e arcaica, sem rei na alcova, tumba de alabastro, distante ja dos ais de suas aias que entre aguias e unicornios fabulavam; e a soberana assim posta em desgraca, de eunucos e pressagios rodeada, livida ao gume esguio das adagas, de joelhos se pos na orla das aguas, e as vagas lhe rasgaram a ilharga: talamo onde parias foram reis.
De comeco podiam julga-la artificial, tao estilizada era a sua graca, tanto o seu requinte parecia consciente e erudito, traindo-se em tudo: no andar elastico, no dandismo sobrio, e ate no ruge-ruge da sua voz de alcova e confidencia e todo o meu trabalho desta noite me parece de um doido que quisesse reconstruir uma obra prima .
Morreu assassinado, por questoes de alcova, a 15 de agosto de 1909, no suburbio da Piedade, no Rio de Janeiro.
Como os anjos do ruivo olhar, A tua alcova hei de voltar E junto a ti, silente vulto, Deslizarei na sombra oculto; Dar-te-ei na pele escura e nua Beijos mais frios do que a lua E qual serpente, em nausea fossa Te afagarei o quanto possa.
c) Oficios e oficinas: alcaide, alfaiate, alferes, almoxarife, califa, emir; aduana, alcova, aldeia, armazem, arrabalde e arsenal.
A um canto da sala de jantar vi a mae chorando; a porta da alcova duas criancas olhavam para dentro, com o dedo na boca.